FAZER O BEM

COMER E AJUDAR COM O THE COMEMOS PROJECT

Que tal comer bem e ainda ajudar terceiros? Isso é possível a partir da compra do “Kit Comemos”, que custa R$ 135 e reverte o lucro integral em cestas básicas para famílias carentes de Campinas.

Fruto da parceria entre o projeto Unicamp Solidária e o grupo Comemos, o kit chega na casa do comprador abastecido de itens deliciosos com opção vegetariana dos restaurantes Saj (arroz com lentilhas), Manish (quibe de abóbora com espaguete de pupunha), Capim Santo (dois brigadeiros de colher), Gael (sopa de abóbora com gengibre), La Guapa (duas empanadas), Braz Pizzaria (fatia de pão de calabresa ou pique-nique de tomate), além de um chocolate Dengo (100 gramas), uma porção de açaí com granola da Frooty (100 gramas) e o trio de pastas derbak (homus, coalhada seca e babaganushe).

A compra deve ser feita com antecedência pelo site comemos.org e há disponibilidade de entrega em Campinas e região e também na cidade de São Paulo.

Unicamp solidária

Diante da atual situação de pandemia, a Unicamp tomou a iniciativa de coordenar uma campanha para arrecadação de recursos para aquisição e distribuição de cestas básicas para a população com vulnerabilidade social da cidade de Campinas. 

O objetivo da campanha é ajudar a população mais vulnerável da cidade que, por conta das medidas de isolamento social, não pode trabalhar e enfrenta dificuldades para adquirir alimentos e produtos básicos para o dia a dia. Trata-se de estabelecer ações de engajamento da comunidade da Unicamp e de seus parceiros, a partir da crença de que todos podem ajudar, mesmo sem sair de casa.

Por isso, uniu-se ao grupo Comemos, que tem projetos ligados à alimentação sustentável e criou o The Comemos Project, para venda de kits gastronômicos.


BACIO DI LATTE LEVA GELATO A TRABALHADORES DA LINHA DE FRENTE

Até o momento, quase 100 mil copinhos de sorvete foram doados

Nas últimas semanas, a Bacio di Latte intensificou as ações do seu braço solidário Bacio do Bem. Entregas de gelato vêm sendo feitas aos mais diversos trabalhadores que estão na linha de frente do combate à Covid 19. O doce afago tem sido oferecido a profissionais da saúde, entregadores de delivery, funcionários de supermercados, bombeiros, policiais, atendentes de call centers, coletores de lixo e ONGs que fazem distribuição de refeições a pessoas que moram nas ruas e também para crianças e idosos de projetos sociais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Até o momento, a marca entregou mais de 10 toneladas de gelato para cerca de 30 instituições, algo em torno de 100 mil copinhos.

No Estado de São Paulo foram entregues sorvetes para o Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital das Clínicas, Beneficência Portuguesa, Santa Marcelina, Hospital Geral do Grajaú, Casa Hope, Casa Ronald, Instituto A Casa no Jardim, Projeto Samaritano São Francisco de Assis, Projeto Arrastão, Com Vida e Barriga Cheia, Novos Sonhos, Emporium São Paulo, Instituto Mesa Brasil e Banco de Alimentos.

No Estado do Rio de Janeiro, para o Instituto Nacional do Câncer, Hospital Municipal São Francisco Xavier, UPA de Taquara, Hospital das Clínicas de Jacarepaguá, Hospital Cruz Azul e para os mercados Supermarket e Super Rede.

Em Minas Gerais, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal, para o Instituto Mesa Brasil.

—————————————————————————————–

Brinde do Bem injeta R$ 5 milhões em bares e restaurantes de SP

Iniciativa do Grupo Heineken com Campari Group ajuda mais de 2 mil casas

O movimento Brinde do Bem, lançado pelo Grupo Heineken e apoiado pelo Campari Group já injetou mais de R$ 5 milhões nos bares e restaurantes de São Paulo cadastrados na plataforma. Mais de 2 mil estabelecimentos do estado se beneficiaram pela dinâmica que visa manter a movimentação econômica no setor em tempos de pandemia.

Nacionalmente, o Brinde do Bem já movimentou mais de R$ 17 milhões de reais para todos os mais de 7 mil bares e restaurantes cadastrados na plataforma.

O Brinde do Bem funciona com vouchers que vão de R$ 25 a R$ 100 disponíveis para os consumidores comprarem e ajudarem seus bares preferidos. O valor poderá ser resgatado em consumação até o final do ano, depois que as atividades voltarem ao normal, e as empresas
dobrarão o montante arrecadado até o final de maio.

As companhias garantem devolução do valor integral do voucher para o consumidor caso o bar encerre as atividades. Em São Paulo, consumidores já ajudaram os 2.641 bares cadastrados no site com a compra de
vouchers que totalizam, até o momento, cerca de R$5,6 milhões apenas para o estado.

Para fazer sua contribuição e conferir o regulamento, acesse Brinde do Bem.