Ainda não conhece o chinês Panda Ya de Victor Wong?

Primeira gyozaria de São Paulo, Panda Ya é um destino despretensioso que agrada pelo sabor genuíno das criações

Se você ainda não foi, precisa. Destino despretensioso de Pinheiros (Rua Lisboa 971), o Panda Ya agrada pelo sabor genuíno de suas criações. Primeira gyozaria de São Paulo, a casa comandada pelo mestiço Victor Wong (filho de um chinês com uma brasileira) recheia e fecha à mão 10 mil gyozas por mês. Os bolinhos são servidos em sabores variados – do clássico (à base de carne de porco com camarão e acelga) a versões autorais como o wings (de frango desfiado com toque apimentado) e o veggie (de cogumelos variados e abóbora kabotiã). Eles ainda acompanham um molinho levemente apimentado. Servidos em porções de quatro unidades (custam de R$ 15 a R$ 18), os gyozas podem ser fritos na hora, na chapa ou cozidos. O cliente escolhe a forma de preparo.

Panda Ya, primeira gyozaria de São Paulo produz por volta de 10 mil bolinhos por mês – foto divulgação

Apesar desses bolinhos conhecidos por dumplings pelos americanos, ingleses e australianos serem os protagonistas do Panda Ya, a casa aberta em agosto de 2019 em um simpático sobrado próximo à Praça Benedito Calixto tem outros atrativos para o paladar.

A refrescante Salada Samuca com gyozas veggie devidamente cozidos – foto Françoise Terzian

De todos eles, destaque para o delicioso Noodles de Pupunha (R$ 36) com molho cremoso à base de pasta de amendoim e pimentas chinesas. Farto, saboroso, low-carb e caliente, o prato é potente. E dá um calor… Risos.

Recomendadíssimo, o Noodles de Pupunha com pasta de amendoim agrada pela fartura e pelo sabor – foto Françoise Terzian

Não deixe de iniciar a experiência por esse chinês de decoração minimalista com uma Salada Samuca (R$ 10). Leve e saborosa, ela leva ingredientes como dois tipos de repolho, tomate e amendoim.

panda ya
Guioza cozido recheado com cogumelos e abóbora kabotiã – foto Françoise Terzian

De sobremesa, peça a dupla de dumplings de maçã com creme de baunilha e canela (R$ 7,50). E também o delicado pudim de leite sem furinhos com calda de matchá (chá verde japonês). Leve sem perder o sabor, custa R$ 8,50.

Sobremesa pede dumpling de maçã com creme de baunilha e canela – foto Françoise Terzian

Para beber, o Panda Ya oferece água filtrada (cortesia), cervejas como a Biru da Blondine (feita com levedura de saquê, arroz e malte escuro), kombuchas e switchels da marca Kiro.

Panda Ya – Rua Lisboa, 971, Pinheiros, São Paulo. Horários: de terça a quarta, das 12h às 19h30. Quinta a sábado, das 12h às 21h30. Delivery pelo whats (11-98862-3954), site, iFood e Rappi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *