Salve um restaurante

Campanha Marmita Solidária, preparada pelo restaurante familiar Viccino, de São Paulo, é a saída encontrada para cobrir as despesas fixas mensais em tempos de pandemia. A unidade custa R$ 20 e é doada com a ajuda da Igreja Adventista

Cerca de 50 mil bares e restaurantes do estado de São Paulo foram fechados desde abril, informou a Abrasel-SP (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) em agosto. A Covid-19 afetou profundamente o setor de alimentação fora do lar. Muitos donos de restaurantes afirmam que o delivery responde entre 10% e 20% do faturamento obtido antes da pandemia. Outros admitem que se o cenário não melhorar em breve, eles deverão baixar as portas até o fim do ano.

Esse é o caso do restaurante familiar italiano Viccino, em operação há uma década na capital paulista, que tem despesa fixa mensal de R$ 25 mil. Até antes da pandemia, o forte da casa era o almoço que atendia as empresas da região. O problema é que, diante da Covid-19, o retorno do expediente de muitos escritórios continua se previsão. “Fora as empresas que saíram por conta do aluguel alto”, conta Maria Luiza Iofrano, da família proprietária do Viccino.

Se antes o almoço atrai de 120 a 150 pessoas por dia, agora circulam por volta de 25 pelo salão. O delivery para moradores do entorno – são oferecidas duas opções de pratos diferentes por dia – não segura as contas. Desabafando com amigos, as donas da casa ouviram a sugestão de produzirem marmitas para vender, ajudar nas despesas fixas e, de quebra, alimentar quem precisa. “Achamos a ideia sensacional, uma causa nobre, uma corrente dupla”, diz Maria Luiza.

Assim, a casa tem sobrevivido desde maio. A distribuição das marmitas é feita pelo Viccino com a ajuda da Igreja Adventista. O problema é que, de umas semanas para cá, comercializar as marmitas solidárias apenas para amigos e conhecidos próximos tornou-se insuficiente. O Viccino precisa que o projeto chegue aos ouvidos de mais gente.

Um exemplo de marmita solidária do Viccino Restaurante – foto divulgação

Para bancar as despesas fixas do restaurante, que gira em torno de R$ 25 mil, o Viccino precisa vender 60 marmitas solidárias por dia.

Viccino Restaurante – 11-3251-3353

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *