Um passeio imperdível pelos drinks do Venuto

Misto de bar e restaurante, Venuto agrada pelos drinks autorais assinados pelo talentoso Marcelo Serrano e por pratos criativos que não arranham as receitas originais

Por Silvio Nascimento

Aberto há pouco mais de três meses, o Venuto traz de volta ao balcão o bartender Marcelo Serrano, craque na arte de elaborar drinks. Nos últimos tempos, vale contar, ele estava dedicado a consultorias. O misto de bar e restaurante na rua Peixoto Gomide, no bairro do Jardins (SP), traz não só uma carta de drinks autorais como alguns pratos criativos, sem perder a pegada original de algumas receitas.

“Estou feliz por voltar a um projeto como esse, e já com planos de criar uma segunda casa”, conta Serrano, que fez fama ao lançar a espuma de gengibre ao clássico Moscow Mule, drink do início dos anos 1940.

Serrano comanda o bar todas as noites e se orgulha da solução que adotou para substituir a bebida de gengibre, que à época não existia no Brasil. “Eu me orgulho que agora profissionais que vão para o exterior levem essa minha ‘marca’ com eles para o mundo.”

Nos copos

O bar logo à entrada anuncia o que vai rolar. Iluminação em LED em tom amarelo, joga a luz e o destaque para o que vai sobre o balcão e a quem está no preparo das bebidas. Da lista de imperdíveis, o Drink Venuto (vodca Absolut, Amaretto, abacaxi, uva, bitter, yuzu) servido numa leiteira de cobre – coroado com a espuma de gengibre

Drink Venuto – fotos Artur Bragança

Entre as grandes novidades, os drinks criados em parceira com a perfumista Mônica Rossetto: a dupla apostou no conceito de criar uma conexão entre perfumes, sabores e memórias através de drinks. O SI (vodca Absolut Pears, lichia, rosas, toranja, limão e espumante) é inspirado na fragrância de Giorgio Armani.

Sí, inspirado no famoso perfume de Giorgio Armani, pensado a quatro mãos pela perfumista Mônica Rossetto e pelo bartender Marcelo Serrano

Isso sem falar na nostalgia da turma com mais de 50 anos que vai fazer uma viagem ao aproximar do nariz e tocar a boca no HUGO (rum Havana Club 7 anos, vodca de pera, xarope de hortelã, limão e essência de patchouli – sim, aquele mesmo….), que teve inspiração no perfume Hugo Boss, com notas amadeiradas e patchouli. Sem falar na charmosa apresentação black-tie…

No prato

A cozinha do Venuto leva assinatura do chef Sergio França, mestre da cozinha italiana, e traz entradas como o carpaccio rústico (com queijo grana padano e alcachofra) e os delicados profiteroles recheados de brie e mel trufado.

venuto
Delicadeza: os profiteroles recheados com queijo brie e mel

Entre massas recheadas, assados e risotos, preparadas pelo chef executivo Luciano Gama, vale experimentar o substancioso atum em crosta de gergelim com purê e molho de laranja, e ainda o macio polvo grelhado em azeite e ervas com purê de batata e toque de curry. No dia da visita, uma surpresa: a estreia do crème brûlée de pipoca.

venuto
Carpaccio rústico incrementado com alcachofras e queijo grana padano

VENUTO

Rua Peixoto Gomide, 1658 – Jardins.

Reserva: (11) 3063-5074.

De terça a quinta, das 12-15h/19h a 0h. Sexta e sábado, das 12h às 15h e das 19h a 1h. Domingo, das 12h às 17h e das 19h às 22h.

Cartões de Crédito: Visa, MasterCard, Diners, American Express. Débito: Visa Electron, Redeshop e Maestro. Ticket: Alelo e Sodexo.

Valet: R$ 25,00.

Acesso e banheiro para deficiente. Música ambiente, ar-condicionado, WiFi.

55 lugares sentados.

Taxa de rolha: R$ 50,00.

Um comentário em “Um passeio imperdível pelos drinks do Venuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas