Juscelino Pereira chega à praça de alimentação com seu Timo Mio

Juscelino Pereira é um dos restauranteurs mais famosos de São Paulo, a capital gastronômica do país. O ex-plantador de ervilhas que iniciou no meio enogastronômico como assistente de sommelier do Fasano é o criador do Piselli, restaurante italiano do bairro dos Jardins (SP) que acaba de completar 15 anos. A casa foi fundada em 31 de julho de 2004, data de aniversário de Juscelino Pereira, que chega aos 50 anos com apetite para empreender. Ainda mais.

Além da abertura de sua oitava casa, ele admite, em conversa com o PRAZERICES, que seu grupo Hervilha está sondando negócios no ramo da gastronomia para adquirir. “Meu sonho é que a holding seja uma das maiores do Brasil em alimentação.”

Embora o Piselli, casa com vocação para a culinária do Piemonte (norte da Itália), tenha entrado para a cena gastronômica paulistana de tal modo que é impossível almoçar ou jantar lá sem cruzar com um banqueiro, empresário ou apreciador da alta gastronomia, Juscelino Pereira está longe de parar. Pelo contrário, sonha grande.

Por dentro do Piselli, que acaba de completar 15 anos – foto Bruno de Lima

NOVA EMPREITADA

Nos próximos dias, o restauranteur inaugura sua primeira empreitada na praça de alimentação de um shopping center. A pedido do Iguatemi, de São Paulo, onde ele já opera o restaurante Piselli Sud, Juscelino abre sua oitava casa. Um italiano que servirá massas, pizzetas e saladas. Para comer na hora ou levar, no estilo Grab and Go.

O nome: Timo Mio, uma versão express do já existente Timo Cucina, casa italiana em operação no Jardim Pamplona (SP), que ele define como democrática e especializada em massas e pizzetas. “Será uma nova experiência. Um autosserviço democrático com boa relação custo-benefício, massas frescas feitas diariamente e pizza de fermentação natural”, conta Juscelino.

Sobre os preços, ele explica: “às vezes, a pessoa não pode ir no restaurante e gastar R$ 80 em um prato. Por isso, com R$ 30, R$ 40, asseguro que vai comer bem. E isso me deixa muito entusiasmado.”

O Timo Mio, que significa Meu Tomilho, operará no mesmo local onde outrora funcionava a Sweet Pimenta.

GRUPO HERVILHA

A ervilha, ingrediente presente em vários pratos do Piselli, deu nome ao grupo Hervilha

De 2017 para cá, Juscelino Pereira começou a ter sonhos. Sonhava em ter outras marcas e propostas de casas no mercado além do Piselli, Piselli Sud e Zena Caffé (que tem com o filho e o chef Carlos Bertolazzi). Foi assim que nasceu a holding Hervilha, que lançou as marcas Timo Cucina, el Carbón e Del Plin – este último, no Rio de Janeiro. “Estou comemorando meus 50 anos com a holding estruturada com todas as marcas debaixo dela.”

AQUISIÇÕES

O sonho do restauranteur é transformar o grupo Hervilha em um dos maiores do ramo de gastronomia do Brasil. “Além das marcas que criamos, nosso sonho é trazer outras para debaixo do guarda-chuva da holding.” Um dos caminhos é via aquisição, que pode acontecer ainda esse ano. “Estamos sondando”, confidencia.

Mais do que ganhar dinheiro, ele quer salvar restaurantes da crise. “Tenho uma paixão tão grande pela gastronomia, que fiquei muito triste, no decorrer dessa crise, ao ver algumas marcas morrerem. Marcas que tinham história no país. Então, se eu pudesse ajudar, eu as ajudaria para não morrer. Não só pelo fato de ganhar, nem sei se ganharia dinheiro, mas pelo fato de não desaparecer.”

Sua ideia é pegar marcas com dificuldade, adquiri-las, renová-las e fazer com que voltem a brilhar.

Um comentário em “Juscelino Pereira chega à praça de alimentação com seu Timo Mio

  • 9 outubro, 2019 em 17:47
    Permalink

    JA PROVEI 4 PRATOS NO TIMO MIO!!!!!AMEI

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas