Elysée Nuit, quando a rosa damascena encontra o macaron

Um rastro olfativo de rosas damascenas, macaron e frutas vermelhas fica pelo caminho de quem borrifa o novo Elysée Nuit, de O Boticário. O recém-lançado eau de parfum é mais complexo e rico que a simples descrição acima. Só de matérias-primas, são 425. A fórmula é longa, o que permitiu agregar riqueza à composição. As principais, claro, são as rosas colhidas na Turquia antes do amanhecer, o delicado docinho francês e toda uma coleção de berries.

Elysée Nuit acaba de chegar às lojas dois anos depois do lançamento de Elysée. A nova fragrância premium de O Boticário é um ‘chypre gourmand intenso’ que foi elaborado pelos perfumistas Napoleão Bastos, da casa de fragrância americana IFF, e da japonesa Chiaki Nomuna, uma especialista em transformar macarons em notas olfativas.

As duas principais notas do novo eau de parfum

A rosa damascena, vale destacar, é a grande estrela dessa criação. “Elas são colhidas no alvorecer, no momento em que estão desabrochando. É nesse momento que elas entregam seu melhor perfume, dando origem a uma matéria-prima sofisticada, um toque especial para Elysée Nuit.”

As notas da rosa são combinadas ao fundo amadeirado do Chypre e ao toque adocicado do macaron. “Esse tipo de criação é tão rico que não deve nada a um perfume importado, seja ele qual for”, afirma Bastos.

O frasco, vale contar, tem formato de uma joia lapidada. Para ficar mais sofisticado, ele recebeu um polimento especial para retirar marcas e imperfeições. Para trazer o conceito da noite para a embalagem de Elysée Nuit, o vidro ganhou um degradê preto combinado ao rosa. Essa cor remete propositalmente à rosa damascena e ao dulçor do macaron.

Elysée Nuit chegou às lojas há uma semana em frasco de 50 ml e preço de R$ 199. O perfume também inspirou a criação de um creme acetinado hidratante corporal. Ele tem 250 gramas e custa R$ 89,90.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas