Saudável to be, e-commerce para quem quer comer direito

As comidas congeladas, não é de hoje, invadiram os refrigeradores dos supermercados. Uma rápida olhada nas informações nutricionais, no entanto, revela que a maioria dos pratos traz um alto percentual de gordura saturada e sódio. Em busca dos consumidores que buscam praticidade, sabor e também equilíbrio na refeição feita em casa, nasceu a Saudável to be. A marca é vendida via e-commerce e atende a Grande São Paulo. Uma vez feita a compra pela internet, o pedido é entregue em até 48 horas.

Saudável to be
Nhoque de mandioquinha, da Saudável to be

Comandada pelos empresários Esber Hajli (distribuidor da marca Diesel no Brasil até 2011), João Coragem e Leandro Bertoldo, a empresa elabora refeições ultracongeladas com a bandeira “comida de verdade”. Apaixonados por gastronomia, os sócios entram no ramo deixando de lado rótulos comuns no universo de refeições prontas, como fit e light. “Nossas receitas oferecem um diferencial no mercado, seguindo o conceito de comfort food”, diz Esber.

Saudável to be
Panqueca de palmito, da Saudável to be

Para garantir um cardápio agradável ao paladar, a marca contratou a consultoria da chef Renata Cruz. Ela assina todas as criações de pratos da Saudável to be, tecnicamente assessorada pela nutricionista Camilla di Santillo. “Fizemos uma pesquisa de mercado que apontou a demanda de consumidores que querem ser saudáveis, com refeições balanceadas, mas sem deixar de degustar uma comida boa”, explica Esber.

60 PRATOS NO CARDÁPIO

A preocupação em usar ingredientes frescos, nutritivos e gostosos foi o ponto de partida para o desenvolvimento das mais de 60 receitas. Dentre elas, atum com gergelim, risoto de arroz vermelho com castanhas, filet mignon ao molho de cogumelos, quiche integral de queijo de cabra e quinoa com cogumelo.

Saudável to be
Moqueca com batatas e vagem

Para manter os nutrientes das refeições, a Saudável to be investiu em equipamentos italianos de alta tecnologia no processo de ultracongelamento. Eles utilizam um método de queda de temperatura dos alimentos após a cocção, atingindo -42 °C em um curto período de tempo. Esta tecnologia impede que se formem macrocristais de água, evitando assim a danificação da estrutura celular e as propriedades originais dos alimentos.

O processo passa pelo aval de segurança alimentar, excluindo o uso de alimentos processados, corantes e conservantes, ajudando a manter a textura, o sabor e os nutrientes das preparações, que tem o prazo de validade de até 6 meses congeladas. O investimento inicial na marca foi de R$ 2,8 milhões. A expectativa, no primeiro ano da Saudável to be, é de vender 10 mil refeições por mês.

Todas as compras são feitas por meio do site www.saudaveltobe.com, com entrega em toda a Grande São Paulo. Após o pagamento, o delivery é realizado em até 48 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas