Lima Restobar, o novo peruano que você precisa conhecer

A cozinha peruana vem, gradativamente, conquistando seu espaço na gastronomia cosmopolita de São Paulo. Há um punhado de bons restaurantes dessa cultura espalhados pela capital e, consequentemente, paladares ávidos por experimentar tudo que eles oferecem, além do muito procurado cardápio de ceviches. Eis que, felizmente, São Paulo ganhou recentemente uma nova casa. Trata-se do Lima Restobar, com unidades em operação no Rio de Janeiro e Campinas (SP) e, desde dezembro, na Rua Adolfo Tabacow, no bairro do Itaim.

PRAZERICES foi visitar o mais novo peruano da cidade no jantar de sexta-passada e, após umas duas horas, saiu de lá com vontade de retornar.
PISCO SOUR
O Lima Restobar é pequeno, mas muito agradável. O décor é intimista – especialmente à noite -, um convite para bebericar um ótimo Pisco Sour (pisco, limão, açúcar e clara de ovo, por R$ 24), que pede um repeteco.
Mas há outras opções de “cócteles”, como o Macerado Sour, Maracujá Sour e Pisco del Serrado (pisco macerado com caju, mel de caju, club soda e limão, por R$ 24).
Trio de ceviches e pisco sour, o acompanhamento perfeito
UM MAR DE CEVICHES
Você pode – e deve – proporcionar novas experiências ao seu paladar, a exemplo das receitas peruanas que levam lombo e frango. Não cometa, no entanto, o pecado capital de não pedir um ceviche. Ou melhor, indicamos o trio de ceviches, cujas versões você escolhe. Perfeito para dividir com mais uma pessoa.
Servidos em taças, eles chegam vistosos e bem temperados à mesa. Experimentamos o clássico (peixe branco, leite de tigre e molho de pimentão vermelho com chips de batata doce), o de salmão (com leite de tigre de maracujá com salada de abacaxi e gengibre) e o mixto (com peixe branco, camarão, polvo e lula). Um mais interessante que o outro. Literalmente, um verdadeiro passeio gastronômico pelo paladar, do agridoce ao ácido picante. Gostei tanto que repetiria fácil, mas é recomendado deixar espaço para o prato principal.
BANQUETE PERUANO
Salmão, frango e arroz deliciosamente temperado, alguns dos sabores do Peru

A cozinha peruana é muito mais que ceviche e o Lima Restobar traz essa diversidade para a mesa. Em seu menu, destaque para o Canelones de Costilla (canelones de costela de boi braseada com molho cremoso de pimentas peruanas), Bordiola Arequipena (copa de lombo confitada e molho de Adobo de Arequipa com texturas de milho (cremoso, frito e pó), Tataki de Salmón (salmão em crosta de gergelim, molho Nikkei e arroz com frutas e vegetais) e Ají de Gallina (peito de frango desfiado com molho de pimenta amarela, queijo parmesão, creme de leite e nozes). Degustamos o Tataki e o Ají, ambos muito bem condimentados, saborosos e fartos.

Marco Espinoza, o chef peruano por trás das casas

Sobre as sobremesas, vá de churros morados (à base de farinha de milho roxo) com molhos peruanos, como doce de leite.

Uma dica: se não for à noite, vale a pena experimentar o almoço executivo por honestíssimos R$ 41, que dá direito a entrada, prato principal e sobremesa.

Lima Restobar – Rua Adolfo Tabacow, 269 – Itaim Bibi, São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas