La Peruana reabre as portas em São Paulo

Aberto em 2015, um dos melhores restaurantes peruanos da capital paulista volta a operar depois de quase 1,5 ano fechado por conta da pandemia. La Peruana continua um destino gastronômico cheio de frescor, cor e sabor

Por Françoise Terzian

Fachada do La Peruana, que reabriu recentemente na capital paulista – foto Françoise Terzian

O La Peruana, um dos melhores restaurantes peruanos da capital paulista, reabriu as portas no início de outubro, após 1,5 ano fechado por conta da pandemia. A casa da chef Marisabel Woodman, que continua a operar no mesmo endereço onde está desde 2015, continua com décor colorido e alegre e comida cheia de frescor e sabor.

Ambiente colorido e com detalhes da cultura peruana pelas paredes da casa – foto divulgação

Imperdíveis, como era de se esperar, os ceviches da casa. Servido separadamente em três cumbucas, o Cazuelita del Mar é uma homenagem de Mari ao Brasil. Ele leva pescada do dia e camarão no leche de tigre de tucupi, arroz puxado no leite de coco e castanhas do Pará e farofa.

Ceviche Nikkei
Ceviche Nikkei, que leva como base o atum – foto divulgação

PERFEITO PARA O VERÃO…

Entrada do dia, cheia de cor e frescor – foto Françoise Terzian

… o Tiradito de Salmão com Abacate (foto acima). Leve e harmônico, ele foi a sugestão de entrada do dia que visitei a casa. O La Peruana tem disso, uma vez que trabalha com vários ingredientes fresquíssimos e sazonais.

PATRIOTISMO PERUANO NO PRATO

Causa de Pulpo Al Olivo, prato cheio de causa e beleza – foto Françoise Terzian

Outra pedida fixa no menu que vale a pena provar, dada a beleza de sua apresentação e histórias resgatadas no seu preparo, é a Causa – clássico da culinária andina que tem como base batatas amassadas servidas frias. Muito popular na cozinha andina, esse prato que remete à Guerra do Pacífico. Dizem que quando o Exército Peruano enfrentava as forças invasoras chilenas, as mulheres passaram a alimentar os batalhões com batatas, pimenta, limão e sal. Diante da falta de suprimentos, incluíam uma mescla da proteína que encontrassem. Em paralelo, elas também vendiam os pratos na rua com o intuito de arrecadar fundos, gritando “por la causa”, “por la causa limeña”.

Hoje, as causas do La Peruana chamam atenção pela bela apresentação e, claro, sabor. São três versões. Provei a Causa de Pulpo al Olivo (R$ 49), que leva polvo grelhado, tomates confitados e maionese de azeitona sobre massa de espinafre. Sabor marcante, especialmente pela azeitona. Prato tão bonito que ilustra a primeira foto desse post.

Polvo grelhado, uma boa pedida do La Peruana – foto Françoise Terzian

Bastante pedido, o Pulpo Parrillero (R$ 94) é servido na brasa com chimichurri de ervas, raspas de limão e aioli cremoso. Ele acompanha batatas rústicas e tomate cherry. Um prato gostoso e nada pesado.

SERVIÇO LA PERUANA

Alameda Campinas, 1357 – Jardins – SP – Telefone: 11-5990-0623. Horário: terça a quinta, das 19h às 23h. Sexta, das 12h às 15h e 19h às 23h. Sábado – 12h às 17h e 19h às 23h. Dom – 12h30 às 17h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.