Granola Jordans, da Inglaterra para o Brasil

A granola Jordans, produzida desde 1972 na Inglaterra, acaba de desembarcar no Brasil. Com uma proposta premium e adição de mel no lugar do açúcar, ela começa a ser vendida em supermercados e empórios brasileiros em cinco sabores. São eles: red fruits (maçã, framboesa e morango), berry fruits (mirtilo, cassis, cranberry), tropical (papaya, abacaxi, coco e banana), nuts (amêndoa, avelã e castanha do Pará) e fruits & nuts (frutas secas, avelã e noz pecã).

Marca líder da categoria no Reino Unido, a granola Jordans prega o uso de ingredientes naturais. A base de suas criações é a aveia e o mel. Dependendo do sabor, são adicionadas castanhas e frutas liofilizadas, o que mantém seus nutrientes, a cor e o sabor sem o uso de conservantes.

Os cinco sabores da granola inglesa que começam a ser vendidos no Brasil

A granola Jordans pertence ao grupo ABF (Associated British Foods), que opera nacionalmente as marcas Fleischmann, Blue Dragon, Twinnings e Ovomaltine.

Nessa fase inicial, a granola Jordans será comercializada no Carrefour de todo país, nas lojas Pão de Açúcar do estado de São Paulo e no Zaffari do Rio Grande do Sul.

ESTRATÉGIA SAUDÁVEL

Granola Jordans
Do café da manhã a outros momentos do dia, granola cresce 12% ao ano no Brasil

Embora a categoria de cereais matinais esteja caindo no Brasil – as vendas tombam por volta de 3% ao ano -, a categoria de granolas cresce por volta de 12% ao ano. A linha de granolas Jordans chega ao Brasil com a missão de promover um upgrade na categoria e apostar na mudança de hábitos de consumo, tornando o café da manhã brasileiro mais saudável e nutritivo, além de incentivar o consumo de granola em diferentes momentos do dia. Isso inclui muito mais do que seu uso combinado ao leite e o iogurte. A ideia é fazer bolos, doces e uni-la também ao sorvete.

O preço sugerido da embalagem de 400g é de R$ 17,50.

HISTÓRIA

No final da década de 1960, dois irmãos ingleses, Bill e David, integrantes da 4º geração da família Jordan, partem para a América em uma turnê de uma banda de rock e blues. Na ensolarada Califórnia, Bill conhece as maravilhas de um preparo à base de aveia: a granola.

De volta à terra natal, os dois estabelecem a Jordans em 1972 em um histórico moinho da família Mill na cidade de Biggleswade, onde fica a sede da Jordans na Inglaterra. Comprometida com a origem dos ingredientes de sua granola, a marca se associou a 42 agricultores parceiros que se comprometeram a dedicar 10% de suas terras para o desenvolvimento da fauna e flora, preservando a qualidade do solo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas