A melhor bartender do mundo, segundo a World Class Competition

A canadense Kaitlyn Stewart acaba de ser premiada a melhor bartender do mundo, segundo a World Class Competition 2017, a maior competição de coquetelaria do mundo. O evento aconteceu no México, entre os dias 21 e 24 de agosto. Durante os quatro dias, 55 finalistas foram avaliados em diferentes provas classificatórias. Diogo Sevilio, do Cozinha 212, representou o Brasil na competição internacional.

Durante a semana passada, Kaitlyn encarou desafios que testaram todas as habilidades de um ótimo bartender. Ela brilhou no ringue da Lucha Libre, frente a frente com seus oponentes para criar seu melhor cocktail clássico. Sobreviveu ao incêndio do desafio do Heat of the Moment, ao quebrar os limites na criação de coquetéis, incorporando as melhores técnicas. E, à medida que a consciência ambiental global aumenta, assumiu o desafio Mex ECO para mostrar como os bartenders podem procurar novas maneiras para elaborar um drink verde. Não por acaso, foi eleita a melhor bartender de 2017.

A edição de 2017 atraiu o dobro de participantes do ano anterior: em nove edições, o campeonato já treinou e inspirou mais de 300 mil bartenders no mundo todo. Esse ano foram 55 países participantes.

A decisão de realizar a final no México reflete o momento do país: o mercado de coquetelaria segue crescendo e hoje é referência na América Latina com muitos bares e profissionais renomados.

“Estou muito feliz! Mais do que nunca, os cocktails estão no topo. E estar na vanguarda disso, com o uso dos melhores ingredientes e receitas para criar drinks cada vez superiores, é algo em que eu realmente me apaixonei”, celebra Kaitlyn Stewart, eleita a melhor bartender do mundo.

Head bartender do Royal Dinette, Kaitlyn sabe que a dedicação e o trabalho duro podem levar a grandes conquistas. Kaitlyn é inspirada pela música que escuta, pela comida que gosta e pelos clientes com quem interage no bar. Seu sonho é continuar aprendendo seu ofício, explorar mais do mundo e eventualmente abrir a própria casa.

Aproximadamente 10.000 bartenders do mundo inteiro participaram das etapas que antecederam a competição e apenas 55 finalistas foram selecionados para as provas classificatórias no México.

melhor bartender
Kaitlyn Stewart, eleita a melhor bartender do mundo, com os top 10 durante a premiação

Na terça-feira, segundo dia de disputa, foi anunciado o TOP 10 que disputou a semifinal.

  • Japão – Suguru Makinaga (Place of work: Bar Leigh Islay)
  • Suécia – Josephine Sondlo (Place of work: Penny and Bill)
  • México – Fatima Del Carmen Leon (Place of work: Fifty Mils)
  • Grâ Bretanha – Jamie Jones (Place of work: No Fixed Abode)
  • Canadá – Kaitlyn Stewart (Place of work: Royal Dinette)
  • Austrália – Andrea Gualdi (Place of work: Maybe Frank)
  • Turquia – Kevin Patnode (Place of work: Kulhanbeyi)
  • EUA – Chris Cardone (Place of work: I Sodi)
  • Áustria – Marcus Philipp (Place of work: Albertina Passage)

Depois do desafio La Campeonato, em homenagem às famosas Lucha Libres mexicanas, os competidores fizeram drinks representando as seis marcas Reserve. Dos 10 finalistas apenas 4 continuaram na disputa pelo primeiro lugar: o dinamarquês Mate Cstalos, a canadense Kaitlyn Stewart, o australiano Andrea Gualdi e o representante da Turquia, Kevin Patnode.

A final foi composta por três etapas: prova escrita, teste cego e 15 minutos para os finalistas criarem três drinks clássicos a serem julgados pelos jurados. Kaitleyn Stewart se destacou nessa e em todas as outas fases e levou o prêmio de melhor bartender do mundo para casa.

Cada etapa ressaltou as habilidades dos competidores: técnica, personalidade, criatividade, performance e conhecimentos gerais – tudo sob o criterioso olhar dos jurados. Durante toda a competição, os drinks, tantos os clássicos como as criações exclusivas, foram preparados a partir da escolha de cada bartender, dentro do portfólio Diageo´s Reserve, que inclui Ketel One vodka, Cîroc, Don Julio, Tanqueray No TEN, Bulleit, Zacapa rum e Johnnie Walker.

Um comentário em “A melhor bartender do mundo, segundo a World Class Competition

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas