Arte Nata, a mais nova (e tentadora) doçaria portuguesa de São Paulo

A cada dia que passa está mais fácil se deliciar com típicos doces portugueses em São Paulo. O mais novo endereço da capital paulista para apreciar um bom pastel de natal com um café gourmet ou uma taça de vinho do Porto com um travesseiro de Sintra é o recém-aberto Empório Arte Nata, braço do varejo de uma fabricante portuguesa de 27 anos que fornece suas doces criações para restaurantes famosos, além de clientes corporativos como a companhia aérea TAP e o Consulado de Portugal.

Balcão de doces da Arte Nata com painel que lembra
Balcão de doces da Arte Nata com painel que lembra

Aberto há menos de um mês em um espaço de 180 metros quadrados na movimentada Rua Freia Caneca, quase na esquina com a Avenida Paullista, a Arte Nata chama atenção pela variedade dos doces que surgem em suas vitrines. São, ao todo, 16. Os mais vendidos são os pasteis de nata, assados várias vezes ao dia e servidos quetinhos. Frescos, eles literalmente derretem na boca.

Uma taça de vinho do Porto acompanhado de uma fatia de bolo de papo de anjo e pasteis de nata

Uma taça de vinho do Porto acompanhado de uma fatia de bolo de papo de anjo e pasteis de nata

Para os apaixonados pelos chamados doces conventuais (aqueles que nasceram nos conventos para dar uma destinação às gemas enquanto as claras eram usadas para engomar roupas), a casa oferece boas opções. Uma delas é o travesseiro de Sintra, que leva recheio de ovos e amêndoas. Tem também o vistoso e inusitado, porém gostoso, bolo de papo de anjo, com fios de ovos no topo.

Fofo de Belas: espécie de sonho português, com recheio de creme de baunilha e massa assada
Fofo de Belas: espécie de sonho português, com recheio de creme de baunilha e massa assada

Outras opções são o famoso toucinho do céu, o regional bolo da ilha da madeira, a queijadinha portuguesa com fartura de queijo e coco, além de criações menos conhecidas pelos paulistanos como o cornucópia, uma espécie de cone em massa folhada com recheio de creme de baunilha, e o delicioso “fofo de Belas” (foto acima), uma espécie de sonho português não frito. Sua massa é um pão-de-ló assado. “O recheio é de baunilha mesmo. Não usamos farinha nem maizena para engrossar”, garante José Carlos Zucheran Carneiro, dono da Arte Nata ao lado do sócio Luis Fernando.

PASTEL DE BACALHAU E CAFÉ GOURMET

Na parte salgada, não deixe de experimentar o pastel de bacalhau, cuja massa é exatamente a mesma do pastel de nata, folhada laminada com três dobras. Aproveite e regue o quitute com um pouco de azeite, sempre à mesa. Outra opção é comer um sanduíche de pão com presunto. Mas não é qualquer pão tampouco qualquer presunto. O pão, conhecido por Papo Secos, é mais molhinho. O presunto, de Portugal, é artesanal é menos salgado que a maioria.

Para acompanhar, destaque para os dois cafés gourmet servidos na casa, como o Astro Café e o Peneira 19. Também dá para pedir um cálice de vinho do Porto como o Royal Ruby. Ou, quem sabe, um licor de anis.

José e o painel divertido que reproduz da chegada dos portugueses ao Brasil até sua influência na confeitaria

José Carlos e o painel divertido que reproduz da chegada dos portugueses ao Brasil até sua influência na confeitaria

EXPANSÃO

Foram dois anos de planejamento antes de inaugurar o Empório Arte Nata. Como fabricantes, eles planejam replicar sua presença com varejo próprio, a partir da expansão do modelo em outras lojas.
Destaque para a decoração que usa madeira de reflorestamento e também para o detalhe do balcão que reproduz o parapeito da Torre de Belém, em Lisboa, com o símbolo da Cruz de Malta. Para os escritórios nas redondezas, a Arte Nata tem uma sala voltada para reuniões, com equipamento de videoconferência e capacidade para até 12 pessoas. O aluguel é por hora e pode incluir café e comidinhas.
EMPÓRIO ARTE NATA – Rua Frei Caneca 1380, quase esquina com a Avenida Paulista, São Paulo, 11-3263-0803. Funciona de segunda a sexta, das 8h às 20h.

2 comentários em “Arte Nata, a mais nova (e tentadora) doçaria portuguesa de São Paulo

  • 2 dezembro, 2017 em 12:55
    Permalink

    Encontrei no Empório Arte Nata o paraíso dos doces portuguêses, sinceramente o melhor que já comi no Brasil. Parabéns!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas